Author Archives: Ana Villas Boas

About Ana Villas Boas

I’m an urban sociologist and runner based in São Paulo, Brasil, focused on studies about body movement, landscapes, sounds, silence and senses. My current work has been on cultural heritage and preservation studies and I’m also yoga teacher, certified by Kundalini Research Institute.

Possibilities

Ikaria, Greece. June, 2018. From very far away, the waves invade foreign territories, talking among themselves: – What’s beyond the sea? – The existence does not accept borders. The sky is always the same sky. And the waters, the same … Continue reading

Posted in In Flow | Tagged , , , , , , , | Leave a comment

Amor Obsoleto

René Magritte. The Lovers. Paris, 1928. MoMA Através de sua alma – especialmente a sua alma, que me serve de espelho – eu enxergo tudo aquilo que eu não quero ser – mas que sou por inteiro. Através de sua … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Sentimentos Moventes

Lidar com a morte de alguém que ainda está vivo. A vida, agora, sem alguém que vivia em mim, assim, tão vivo. Lidar com a vida na lembrança da magia vivida, quando existia essa vida. Quando em uníssono dizíamos: somos … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Projeções Simbólicas – Parte I

Não são poemas, nem tampouco pretensas declarações de ideias altivas. Não são nada mais do que sensações expressas, que vem e vão, sem nenhuma pressa, a todo momento, hermeticamente concentradas sempre num delimitado espaço de tempo. Espaço e tempo – … Continue reading

Posted in Uncategorized | Leave a comment

Revisitando Pessoa – Parte I

CONSELHO Cerca de grandes muros quem te sonhas. Depois, onde é visível o jardim Através do portão de grade dada, Põe quantas flores são as mais risonhas, Para que te conheçam só assim. Onde ninguém o vir não ponhas nada. … Continue reading

Posted in Uncategorized | Tagged | Leave a comment

A Jornada

Ao som de seus passos, escuto também ruídos nos traços. Na trilha, avisto águas altivas sobre a digna frieza e secura de Touro em sua  imponência, beleza, amor, prazeres e conforto no brio. São apenas os fluídos transeuntes da Primavera … Continue reading

Posted in Moving Text | Tagged , , , , , , | Leave a comment

Life in Flow

(Image: NASA/ESA) ” If you could see your whole life from start to finish, would you change things?” (Movie: Arrival) He is the fulfillment of my wishes, even when I dive into the waves and drown myself; He is my … Continue reading

Posted in In Flow, Memory | Tagged , , | Leave a comment